top of page

Usiminas confirma que 15 funcionários terceirizados foram internados após vazamento de gás


Eles estão no Hospital Márcio Cunha, em Ipatinga, Minas Gerais. O caso aconteceu após os funcionários inalaram um gás que vazou da estrutura interna da empresa. Cinco trabalhadores estão com cuidado intensivo e outros dez em observação. A siderúrgica não informou qual o nome do gás que vazou, mas disse que a situação está sob controle.

Funcionários chegaram a desmaiar depois do vazamento. vídeo: Reprodução/Redes Sociais/atvdopovo

A siderúrgica Usiminas confirmou que 15 funcionários terceirizados foram intoxicados após o vazamento de um gás dentro da empresa em Ipatinga, no Vale do Aço, interior de Minas Gerais. Cinco trabalhadores estão em cuidado intensivo e outros dez apenas em observação. Todos estão internados no Hospital Márcio Cunha, na mesma cidade.

A empresa foi questionada pela CBN sobre qual gás teria vazado, mas apenas disse ser um gás proveniente do processo cirúrgico, sem falar o nome. A Usiminas relatou que a situação está sob controle e a siderúrgica está em funcionamento. O vazamento aconteceu na noite desta terça-feira. A Usiminas é uma das maiores siderúrgicas do país e fica em Ipatinga, em uma região conhecida como Vale do Aço por causa da força da região neste segmento. Ipatinga fica a cerca de 200 quilômetros da capital Belo Horizonte.


Atualização 7/12/22 - 13h50

De um total de 15 operários atingidos por um vazamento de gás industrial na área da Usiminas, na noite de terça-feira, cinco permanecem na UTI do Hospital Márcio Cunha e dez permanecem em observação. A informação foi confirmada por meio de nota divulgada pela empresa no começo da manhã de hoje. O acidente foi um vazamento de gás na tubulação que vai para o gasômetro. Vazou num chamado "selo da tubulação". A ocorrência foi na Avenida 5, e o vento levou o gás para o pátio de duas empresas prestadoras de serviços, atingindo os funcionários. Conforme noticiado ontem à noite em nosso youtube.com/atvdopov e demais redes sociais, o vazamento de gás atingiu metalúrgicos que prestavam serviços na área da usina em Ipatinga e vários precisaram ser hospitalizados. Os números de vítimas só foi confirmado agora cedo. Pensava-se que eram quatro funcionários que haviam sido intoxicados pela inalação do gás, mas, o número real foi de quinze (15) funcionárioas. Veja abaixo, a segunda nota da empresa na íntegra:


Nota Usiminas #150; 07h20

Em relação à ocorrência registrada ontem, 6/12/22, por volta das 20h30, na Usina de Ipatinga, que levou à hospitalização de trabalhadores por inalação de gás, a Usiminas esclarece que os empregados foram prontamente atendidos. Cinco pessoas permanecem em cuidado intensivo no Hospital Márcio Cunha e outros dez em observação. A empresa está prestando toda a assistência necessária aos empregados e a situação operacional na Usina já se encontra controlada. As causas do acidente estão sendo investigadas e tão logo seja possível, a empresa dará novos esclarecimentos.






fonte:https://cbn.globoradio.globo.com/media/audio/394594/usiminas-confirma-que-15-funcionarios-terceirizado.htm https://www.diariodoaco.com.br/noticia/0102400-cinco-trabalhadores-da-usiminas-permanecemnauti-do-hospital-marcio-cunha


Comentários


bottom of page