top of page

Saúde: Prefeitura de Ipatinga desenvolve Programa de Controle do Tabagismo


foto:secom/pmi

O município de Ipatinga oferece aos usuários de tabaco o Programa Nacional de Controle do Tabagismo (PNCT), que consiste em terapias em grupo para motivar fumantes a deixarem o vício e aumentar o acesso aos métodos eficazes para o tratamento. O tabagismo é reconhecido como doença crônica, provocada pela dependência da nicotina.


Implementado nas Unidades Básicas de Saúde (UBS’s), o Programa utiliza como estratégia a prevenção da iniciação ao tabagismo e propõe ações educativas de apoio àqueles que desejam parar de fumar. Para tanto, o município dispõe de equipes multiprofissionais capacitadas.


De acordo com a diretora do Departamento de Atenção Básica (DAB), Elaine Vasconcelos, as terapias são realizadas em grupo e divididas em sessões, onde são esclarecidos os malefícios causados pelo tabaco e as vantagens adquiridas ao deixar de fumar, tanto em relação à saúde quanto ao aspecto financeiro.


“Inicialmente, faz-se a tentativa pelo cognitivo comportamental (aconselhamento), sendo que, em alguns casos, são prescritos e fornecidos medicamentos para auxiliar no tratamento da dependência”, esclarece Elaine.


O Programa Nacional de Controle do Tabagismo (PNCT) já está funcionando nas UBS’sdo Bom Jardim II, Cidade Nobre, Equipe Azul Vale do Sol, Vila Formosa, Bethânia, Caravelas, Vila Ipanema, Veneza, Iguaçu e Esperança I.


Como participar

Para participação, o usuário deve procurar a UBS de referência, onde será direcionado para o acolhimento do enfermeiro responsável pelo grupo, que vai realizar a inscrição. Após esta etapa, a pessoa é encaminhada para atendimento individual ou em grupo, conforme avaliação.


Mesmo que eventualmente não haja disponibilidade para o ingresso imediato nos grupos, os usuários interessados em participar do Programa podem deixar o nome e o telefone em uma lista de espera na recepção da Unidade de Saúde. Neste caso, assim que um novo grupo é constituído, são chamados.


Problema grave


Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), o tabagismo responde por 30% de todos os casos de câncer e é a principal causa de morte evitável em todo o mundo. Uma pessoa morre a cada seis segundos por doenças relacionadas ao uso do tabaco. São seis milhões de mortes anuais graças ao fumo, número que deve chegar a oito milhões até 2030 se não forem tomadas medidas fortes para controlar o que a OMS chama de "epidemia do tabaco”. Também merece nossa atenção o tabagismo passivo, a terceira causa de morte evitável no mundo.



fonte:secom/pmi

0 visualização0 comentário

Opmerkingen


bottom of page