top of page

Saúde de Ipatinga moderniza o atendimento domiciliar

Administração municipal para agilizar a assistência do Serviço de Atenção Domiciliar (SAD) está implantando o prontuário eletrônico dos pacientes.

A Secretaria de Saúde de Ipatinga está modernizando o atendimento do Serviço de Atenção Domiciliar (SAD), uma referência em tratamento humanizado a pacientes acamados ou impossibilitados de acessar uma unidade de saúde.


Está em fase de implantação pelo município o prontuário eletrônico dos pacientes, um serviço que vai proporcionar importante contribuição tecnológica ao atendimento dos pacientes.


Os tablets começam a ser utilizados na segunda quinzena de julho pelas equipes de saúde, que estão passando por capacitação específica para manusear o equipamento.


A ferramenta vai dinamizar o trabalho de campo e agilizar o envio de dados sobre a saúde da população. Atualmente, o procedimento é totalmente manual, com preenchimento de fichas durante as visitas domiciliares e, posteriormente, a digitalização das informações. O equipamento é conectado à internet e já vem com programa específico de atendimento, onde constam o cadastro dos pacientes e todo histórico médico.


A tecnologia contribui para o registro das informações dos pacientes e, assim, há muito mais agilidade. Tudo o que for alimentado no sistema aparecerá na rede. O acesso às informações de saúde e intervenções realizadas se dará de forma mais rápida e segura. Além disso, podemos antever melhoria na efetividade do cuidado e possível redução de custos com otimização dos recursos, assim como aprimoramento e automatização de todo o processo de envio das informações ao Ministério da Saúde”, explicou o diretor de Urgência e Emergência, Walisson Silva Medeiros.


SERVIÇO DE ATENÇÃO DOMICILIAR

O SAD é o atendimento oferecido na residência dos pacientes com doenças agudas, proporcionando a garantia de continuidade dos cuidados à saúde, com foco na assistência humanizada.


O serviço é operacionalizado por uma equipe de multiprofissionais, composta por medico, enfermeiro, técnico de enfermagem, fisioterapeuta e assistente social. Eles são responsáveis por oferecer a atenção domiciliar em ações de prevenção, promoção à saúde e tratamento de doenças.



fonte:secom/pmi

1 visualização0 comentário

Комментарии


bottom of page