top of page

Prefeitura de Ipatinga dá continuidade às ações na Av. Maanaim

Após operação conjunta com a Polícia Civil, intervenções na área prosseguem com envolvimento de diversas secretarias e mobilização de 150 profissionais

A Prefeitura de Ipatinga, por meio da Secretaria de Serviços Urbanos e Meio Ambiente (Sesuma), disponibilizou cerca de 150 profissionais para dar prosseguimento na última quarta-feira (22/6) às intervenções do poder público para melhorar as condições da avenida Maanaim. Foram realizados novos serviços de limpeza, poda, capina e, ainda, ajardinamento de áreas ao longo da via.


Os serviços complementam a operação desenvolvida pela Secretaria de Segurança e Convivência Cidadã com apoio da Polícia Civil, visando combater a presença ostensiva de dependentes químicos no local e inibir a venda e consumo de substâncias ilícitas. Este trabalho resultou na apreensão de mais de 100 quilos de drogas.


Por se tratar de uma área extremamente crítica, reduto de uso e tráfico de drogas e alvo de reclamações de alguns moradores do entorno, a avenida Maanaim foi priorizada pelas autoridades como alvo principal da “Operação Narco Brasil” – iniciativa do governo federal – no ambiente local.


“A situação da avenida Maanaim precisa ser enfrentada com coragem e sensibilidade. Por isso, além de medidas relacionadas à segurança e à assistência social, estamos iniciando ações de revitalização com o objetivo de mudar a atual realidade deste ponto que é tão importante para a nossa cidade”, ressaltou o prefeito Gustavo Nunes.


As pessoas em situação de rua que se encontravam no local foram encaminhadas para a Secretaria de Assistência Social (SMAS) a fim de receberem providências de amparo e conscientização complementares, já que existem equipamentos próprios na cidade destinados ao acolhimento deste público específico. Reuniões periódicas estão sendo realizadas pela gestão municipal visando criar soluções mais eficazes para amenizar este problema da ocupação de espaços urbanos por pessoas em vulnerabilidade.



fonte:secom/pmi

Comments


bottom of page