top of page

MG: Homem é procurado por abusar sexualmente de sua filha de cinco anos, em Ipatinga

Um homem de 35 anos é procurado pela Polícia Militar por abusar sexualmente de sua filha, de cinco anos. O caso ocorreu na madrugada de sábado (26), em uma residência localizada no bairro Bethânia, em Ipatinga


O relatório policial explica que a Polícia Militar foi acionada após uma denúncia de estupro de vulnerável. No local onde supostamente ocorreu o crime, os policiais conversaram com a mãe da vítima, que relatou o seguinte: durante a madrugada de sábado, por volta das 3h20, acordou e percebeu que seu amásio, de 35 anos, com quem vive há 11 anos e tem três filhos, entre elas, a vítima, não se encontrava na cama. Com isso, a mãe começou a procurá-lo pela casa e o encontrou no quarto onde a filha de cinco anos dorme com mais dois irmãos. Conforme a mãe da vítima, a criança estava deitada na cama, nua, e com seu amásio praticando sexo oral nela. Perplexa com a situação, a mãe da vítima informou que o expulsou de casa. O autor do crime arrumou suas coisas e fugiu em uma motocicleta Suzuki Yes, de cor preta. Conforme a mãe, a única reação que teve após o fato foi chorar e que não acionou de imediato a PM por medo. Durante o dia, procurou sua cunhada e relatou o ocorrido. Somente após isso decidiu acionar a polícia. A mãe da vítima também relatou ter conversado com sua filha de cinco anos e a criança disse que o pai havia abusado sexualmente dela outras vezes, mas sempre dizia para ela não contar a ninguém. Uma policial conversou com a vítima, em reservado, e foi confirmada versão dos fatos. A criança também contou que seu pai sempre a sentava no colo, e que ele sempre abusava dela quando a mãe não se encontrava em casa. A vítima e sua mãe foram levadas ao Hospital Márcio Cunha (HMC) para realização de exames. A médica responsável por atender a criança informou que não houve nenhuma lesão aparente e que, em conversa com a vítima, foi relatado que o mesmo fato ocorreu em outras datas, sendo que o pai também fazia ela praticar sexo oral nele. O médico legista também atendeu a criança e realizou os trabalhos de praxe, como coleta de material para exames complementares, e disse não haver lesões de rompimento do hímen, nem lacerações em outras partes do corpo. Foram realizadas diligências pela polícia na casa da mãe do autor do crime e na casa de conhecidos, porém, ele não foi localizado até então. As buscas continuam.


fonte:https://www.diariodoaco.com.br/noticia/0089387-homem-e-procurado-apos-abusar-sexualmente-de-sua-filha-de-cinco-anos-em-ipatinga

0 visualização0 comentário
bottom of page