top of page

Lula: Qual dos ministros tem a melhor receita contra corrupção?

Conheça abaixo, a lista de parte dos nomes que comporão o "novo" quadro de Ministros de Lula

A receita de Lula para o novo des'governo é muito simples e recheada de processos:

Ministério dos Direitos Humanos - Silvio Almeida, é o campeão de processos: 542.

Os primeiros 16 nomes indicados pelo "descondenado", Luiz Inácio Lula da Silva, que "ganhou" as eleições de outubro/2022 e "diplomado" em 12/dezembro, possuem uma enorme ficha criminal que dá uma boa receita.

Qual dos ministros tem a melhor receita contra corrupção?


Seção 1: Ingredientes por ordem decrescente de quem tem mais processos ao que tem menos.


Dos 16 nomes iniciais do futuro governo, que chegarão a quase 40, o campeão é o Silvio Almeida, com nada menos e nada mais que 542 processos na "cacunda", o que de direitos humanos, parece não ter nada, e, sim, será um ministro dos "direitos dos manos". Confira a lista:

  • Direitos Humanos - Silvio Almeida - 542 processos

  • in'Justiça - Flávio Dino - 277 processos

  • Educação- Camilo Santana - 261 processos

  • Trabalho - Luiz Marinho - 230 processos

  • Relações Institucionais - Alexandre Padilha - 132 processos

  • Desenvolvimento Social - Wellington Dias - 109 processos

  • Portos e Aeroportos - Márcio França - 71 processos

  • Casa Civil - Rui Costa - 70 processos

  • Advogado Geral da União - Jorge Messias - 59 processos

  • Secretaria Geral da Presidência - Márcio Macedo - 48 processos

  • Fazenda - Fernando Haddad - 41 processos

  • Cultura - Margareth Menezes - 39 processos

  • Controladora Geral da União - Vinícios Carvalho - 36 processos

  • Ciências e Tecnologia - Luciana Santos - 17 processos

  • Defesa - José Lúcio Monteiro - 12 processos

  • Saúde - Nísia Trindade - 5 processos


Seção 2: Ingredientes por ordem alfabética por ministério


Veja a mesma lista acima agora em ordem alfabética por nome do Ministério:

  • Advogado Geral da União - Jorge Messias - 59 processos

  • Casa Civil - Rui Costa - 70 processos

  • Ciências e Tecnologia - Luciana Santos - 17 processos

  • Controladora Geral da União - Vinícios Carvalho - 36 processos

  • Cultura - Margareth Menezes - 39 processos

  • Defesa - José Lúcio Monteiro - 12 processos

  • Desenvolvimento Social - Wellington Dias - 109 processos

  • Direitos Humanos - Silvio Almeida - 542 processos

  • Educação- Camilo Santana - 261 processos

  • Fazenda - Fernando Haddad - 41 processos

  • in'Justiça - Flávio Dino - 277 processos

  • Portos e Aeroportos - Márcio França - 71 processos

  • Relações Institucionais - Alexandre Padilha - 132 processos

  • Saúde - Nísia Trindade - 5 processos

  • Secretaria Geral da Presidência - Márcio Macedo - 48 processos

  • Trabalho - Luiz Marinho - 230 processos


Em breve mostraremos a relação dos demais nomes que farão parte do "novo", que de "novo" não tem nada, governo Lula.



fonte: OesteSemFiltro

68 visualizações0 comentário
bottom of page