top of page

Apesar da baixa votação, Ipatinga tem seus 10 Conselheiros Tutelares eleitos pelo voto popular


Foto: Reprodução/PMI/SECOM

As eleições para o Conselho Tutelar de Ipatinga terminaram às 17h deste domingo (01), no Colégio Tiradentes, único local de votação. Ao todo 5023 eleitores depositaram votos válidos nas urnas. Em Ipatinga foram 18 candidatos e a eleição transcorreu por meio voto impresso. A escolha dos conselheiros tutelares ocorre simultaneamente em todo país.


Os Conselheiros Tutelares são responsáveis por garantir a preservação dos direitos das crianças e dos adolescentes, que estão no ECA - Estatuto da Criança e do Adolescentes. Seus membros são escolhidos por meio de eleições a cada quatro anos, sempre no primeiro domingo do mês de outubro do ano subsequente ao do pleito presidencial.


De acordo com o presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e Adolescente (CMDCA), Leonardo Oliveira Rodrigues, a votação ocorreu de forma tranquila sem nenhuma ocorrência, dentro do previsto. “A população ouviu o chamado e foi às ruas escolherem os Conselheiros Tutelares. A participação nessa eleição também simboliza a preocupação e responsabilidade que os ipatinguenses tem com as nossas crianças”, pontuou.


Conselheiros eleitos titulares:


Flávia Fayer - 605 votos

Jéssica Rosa – 594 votos

Rejania Cavalcante – 375 votos

Érico Lisboa – 360 votos

Helvânio Alexandre – 318votos

Janaína Rodrigues – 306 votos

Isabel Cristina (Tina) – 284 votos

Júnia Reis – 259 votos

Elisângela Batista - 258votos

Ziel (Bethânia) – 250 votos



Suplentes

Mariana Oliveira – 238 votos

Warley André – 235 votos

Adna Márcia – 213 votos

Pâmela Taty – 177 votos

Alessandro Pires – 174 votos

Jaqueline Brandião – 165 votos

Willian Prehl – 113 votos

Eliuenay Barnandes (Nay) – 99 votos



Total de votantes: 5072

Votos válidos: 5023

Votos brancos: 16

Votos nulos: 33




fonte: PMI/SECOM

bottom of page